sexo-na-gestacao

É natural e seguro ter uma vida sexualmente ativa durante toda a gravidez, a menos que exista alguma restrição médica sobre isso. O que ocorre é que muitos casais ficam inseguros, com medo de provocar dor ou até mesmo prejudicar o bebê. Tudo isso é uma grande inverdade, se a gravidez estiver transcorrendo normalmente.

O sexo pode até ser positivo, aproximar o casal e melhorar a autoestima. Em determinado momento da gestação algumas posições são dificultadas por conta do tamanho da barriga, ou devido o mal estar das futuras mamães, seja azia, dificuldade de respiração, dores pélvicas etc.

Também é possível perceber que a gravidez é um período em que para algumas mulheres o sexo fica ainda melhor, enquanto para outras, nem tanto. A vagina está mais irrigada o que pode favorecer a lubrificação, porém também é comum que a mulher sinta cólicas após o orgasmo. Os seios também estão mais sensíveis.

A baixa libido também é comum, devido aos desconfortos da gravidez e até mesmo a ansiedade. O que importa é que o desejo de cada um seja respeitado e adequado à nova condição.

É importante que o casal faça uso de preservativo para evitar transmissões e infecções que podem ser ainda mais graves na gestação, entre elas o vírus zika.

Suspenda as relações sexuais e procure auxílio médico caso tenha os seguintes sintomas:
– Sangramentos
– Dores abdminais ou cólica
– Possua insuficiência de colo uterino
– Esteja com placenta baixa ou descolamento

 

compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *